Chuvas no estado resultam em duas mortes

Pequeno guerreiro recebe visita de militares de União da Vitória e Porto União
4 de maio de 2022
Casa é destruída pelo fogo no bairro Bom Jesus
5 de maio de 2022

Chuvas no estado resultam em duas mortes

Duas mortes foram registradas nesta terça- feira, 03, em São Joaquim, na serra catarinense. O atendimento foi feito pelo Corpo de Bombeiros por volta da 14h34 e, segundo a Defesa Civil, o fato tem relação as fortes chuvas que atingem a região. As duas vítimas, uma de 60 e a outra de 45 anos, estavam em um veículo que foi encontrado com as rodas para cima, parcialmente submerso, no Rio Rondinha.

Por causa das chuvas, São Joaquim registrou danos como alagamentos, água sobre estradas e muitos outros prejuízos.

A situação das fortes chuvas tem sido monitorada pela Defesa Civil do estado e os riscos sao maiores no Sul e na Grande Florianópolis. O Vale do Itajaí e a Região Serrana também estão em alerta.

O governador Carlos Moisés se reuniu com os técnicos da Defesa Civil estadual no fim da tarde desta terça-feira, 3, para monitorar a situação das chuvas que caem de maneira incessante em Santa Catarina desde segunda-feira. A previsão indica que deve continuar chovendo ao longo de toda a quarta-feira, 4.

“Acionamos a sala de situação e seguimos monitorando os mapas meteorológicos. Todos os órgãos do Estado estão de prontidão para atender as eventuais ocorrências. Os Grupos de Ações Coordenadas (Gracs) também foram acionados. A situação exige atenção. Em caso de emergência, a população deve ligar nos números 193 ou 199”, diz Carlos Moisés.

O chefe da Defesa Civil estadual, Davi Busarello, contou ao governador que já são diversas ocorrências de alagamentos e deslizamentos em cidades de Santa Catarina. Ele relatou que os trabalhos estão sendo realizados em coordenação com as prefeituras.

Os alertas de atenção máxima seguem até a próxima quinta-feira, 5, com risco alto para alagamentos, inundações e deslizamentos, principalmente para o Litoral Sul. Devido aos grandes volumes de chuva registrados nas últimas horas, houve significativo aumento dos níveis dos rios, chegando em nível de alerta para inundação nas regiões do Litoral Sul, Planalto Sul (com destaque para a Bacia do Rio Tubarão), Oeste e Meio-Oeste.

Na região do Planalto Norte não foram registrados grandes prejuízos até o momento, mas mesmo assim várias estradas estaduais e federais foram bloqueadas ou parcialmente interditadas durante esta terça-feira, devido a queda de barreiras ou alagamentos.

Em caso de emergência é importante acionar o telefone dos Bombeiros, 193, que farão o primeiro atendimento as pessoas que estiverem em alguma situação que apresente risco.

Queda de barreira

Mais uma situação de queda de barreira foi confirmada na tarde de terça-feira na rodovia SC-135, km-136,500, entre Pinheiro Preto e Tangará, interditando totalmente a passaem de veículos. O transito está sendo desviado por dentro do município de Pinheiro Preto.