Bailarinas de União da Vitória participarão do festival de dança em Joinville

Termina hoje o prazo de inscrição para o Enem 2022
21 de maio de 2022
24 horas de desafio para se tornar Bombeiro Comunitário
23 de maio de 2022

Bailarinas de União da Vitória participarão do festival de dança em Joinville

Três bailarinas da escola de dança Futura Dance de União da Vitória foram classificadas para o Festival de Dança de Joinville, que acontece entre os dias 19 e 30 de julho.

Considerado o maior festival de dança do mundo, o evento está na sua 39ª edição, recebe anualmente centenas de candidatos que tentam vagas em cursos, oficinas, entre outras atividades, como explica a diretora e professora de dança Jescica Olbertz, “Para a seletiva, as escolas interessadas, devem enviar um vídeo com a coreografia que pretende apresentar no dia. O vídeo passa por uma seleção de bailarinos qualificados, após isso aguardamos o resultado que é divulgado por meio de edital”, explica.

A bailarina solista Mayara Kreutz, que pela primeira fez participa do festival, levará para Joinville uma coreografia do ballet clássico a Bela adormecia, Variação Aurora. Para ela a aprovação para o festival teve um significado diferente, “Foi uma sensação incrível ser aprovada, a dança carrega um significado muito especial para mim por ser uma conexão com a minha avó paterna que infelizmente já faleceu, então ser selecionada é uma conquista por nós duas”, afirmou a bailarina.

Além da solista, a escola ainda irá levar um dueto de jazz com a coreografia intitulada “O sempre começa hoje” que será apresentada pelas bailarinas Betina Loss e Betina Scaramella de Mello. A coreografia já havia ganhado aprovação para o festival em 2020, porém, devido à pandemia, o sonho precisou ser adiado, como explica Betina Loss, “Era para nós termos ido em 2020, mas por conta da pandemia tivemos que cancelar, então este ano retornou a idéia e fomos aprovadas com sucesso. Quando fomos aprovadas, não conseguia tirar o sorriso do rosto, pois é o maior festival de dança do Brasil, então eu ficava pensando que sou eu no meio de tantas outras bailarinas e bailarinos… Estou me sentindo realizada, porque sempre foi um sonho ir para o Festival de dança” afirmou. Sonho é dividido com a sua xará e parceira de dança Betina Scaramella de Mello, “É a primeira vez que vamos para o festival, é meio que uma mistura de tudo! Só de pensar que eu fui aprovada para um dos maiores festivais de dança do Brasil me deixa muito emocionada, e com 16 anos eu consegui realizar um sonho, e ainda poder dividir o palco com minhas amigas fica muito mais que emocionada” afirmou.

A coreógrafa Bianca Loss, já esteve nos palcos do Festival de dança diversas vezes como bailarina, mas pela primeira vez assume o papel de autora da coreografia de um dueto selecionado para o festival. Para ela este é um sentimento bem diferente, “Parece que o frio na barriga é até maior (rs). Estava muito ansiosa pelo resultado, mais do que quando bailarina! Mas é como se fosse um ciclo sabe, participei muitas vezes como bailarina e agora é muito gratificante poder levar minhas alunas para sentir a mesma emoção e energia que eu senti. Esse festival realmente significa muito pra nós do mundo da dança, então o sentimento de levar elas é só gratidão!” finalizou.

 

39ª Festival de Dança de Joinville

 

A Noite de Abertura, que sempre reserva um espetáculo especial, vai acontecer já no dia 19. A novidade fica por conta do retorno da Noite de Gala, que será realizada no dia 24 de julho, após algumas edições sem a tradicional noite que traz ao palco companhias consagradas.

Os 12 dias de evento serão recheados de atrações nos Palcos Abertos, na Feira da Sapatilha e no Mais Dança. Já os cursos e oficinas estão marcados para acontecer entre 19 e 23 julho e 26 a 30 de julho.

A programação será encerrada em 30 de julho, com o destaque e reconhecimento aos bailarinos por meio da Tarde dos Campeões do Meia Ponta, no Teatro Juarez Machado, e da Noite dos Campeões Sênior, no Centreventos Cau Hansen.